REVISTA

Filie-se

Prazo para idoso que recebe benefício se cadastrar é ampliado

Os idosos de baixa renda que ainda não se cadastraram no Cadastro Único (CadÚnico) para continuar recebendo o BCP/Loas (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica de Assistência Social) ganharam mais prazo.

O prazo, que terminaria no dia 31 deste mês, será ampliado para o final de 2018. Os idosos que não estiverem no Cadastro Único perderão a renda mensal no valor de um salário mínimo (R$ 937).

Em 2018, pessoas com deficiência que recebem o BPC/Loas também terão que se inscrever no CadÚnico para continuar recebendo o benefício.

Para fazer o cadastramento, o responsável familiar precisa procurar um posto do Cadastro Único e do Bolsa Família de sua cidade ou ir ao Centro de Referência da Assistência Social (Cras) mais próximo de sua casa.

É importante frisar que os números de CPF de todos os integrantes da família deverão ser registrados no Cadastro Único para permitir a identificação do beneficiário e de sua família no momento da avaliação do benefício pelo INSS.

Postado em: 16/12/2017