REVISTA

Filie-se

Centrais se unem em 1 de Maio contra reforma da Previdência

Dez centrais sindicais vão se unir neste ano para um ato unificado em comemoração ao Dia do Trabalho, em 1º de Maio, contra a reforma da Previdência, o fim da contribuição sindical obrigatória, entre outras maldades do governo Jair Bolsonaro. 

Entre as centrais sindicais estão a CUT, a Força Sindical, CGTB, CSB, CTB, CSP-Conlutas, NCST e Intersindical - Central da Classe Trabalhadora, além dos movimentos Povo sem Medo e Frente Brasil Popular. "Estamos unidos contra a destruição do sistema de Seguridade Social", diz João Cayres, secretário-geral da CUT-SP. 

O evento será realizado na Praça da República, no centro de São Paulo, e terá shows de vários artistas. Os discursos estão previstos para acontecer entre 10h e 18h. 

Postado em: 08/04/2019