REVISTA

Filie-se

Vazamento de dados do INSS deve ser investigado

O vazamento de dados pessoais de beneficiários do INSS e os abusos na oferta e concessão de empréstimos consignados para aposentados e  pensionistas deverá ser investigado pela  Procuradoria-Geral da República (PGR). O pedido foi feito pelo Idec (Instituto de Defesa do Consumidor). 
 
Na representação, além de citar diversos casos de abuso, relatar o histórico de graves problemas na concessão do benefício e ressaltar a recente condenação no INSS em um caso de utilização indevida de dados de beneficiários para a oferta de crédito consignado, o Idec pede, entre outras medidas, que representantes do INSS, Dataprev, Banco Central e Febraban sejam convocados para prestar esclarecimentos.
 
Outras solicitações feitas são a determinação para que sejam ampliados e qualificados os canais de atendimento do INSS, com foco no recebimento de reclamações, e disponibilizadas cartilhas informativas aos cidadãos no momento do pedido do benefício. Ainda há o pedido de revisão de normas relacionadas ao crédito consignado no país e regulamentação sobre a segurança e compartilhamento de dados dos beneficiários do INSS.
 

Postado em: 06/06/2019